Page 6 - Revista O Aprendiz - 214 - Set/Out 2019
P. 6

Chico xavier disse que se não       tos. Ela lia pra mim para eu poder         Segundo: Confiança - Tenha con-
houvesse guerra até Julho de 2019      estudar e assim foi fazer faculdade     fiança de que existe um poder mai-
a humanidade no geral iria melho-      comigo. E quando terminamos, ela        or no universo e que as coisas es-
rar muito. O fato de eu ter sido cha-  morreu.                                 tão caminhando para uma evolu-
mado para voltar a cantar bem ago-                                             ção.
ra deve ter algo com essa história.       Arto A. Tudjarian: Uma expe-
É algo que vejo como auspicioso,       riência diferente?                         Terceiro: Positividade - Tenha
pelo menos é o que eu sinto. Não                                               uma atitude positiva com relação
era algo da minha vontade, eu não         Tomaz Lima: Dalai Lama na            a vida, se a vida te dá um limão,
procurei, não previ, simplesmente      ECO 92. Fizemos uma vigília no          faça uma limonada. Use as adver-
aconteceu.                             aterro do Flamengo com todas as         sidades como alavanca para o seu
                                       religiões e fui escolhido para encer-   crescimento. As dificuldades te for-
   Arto A. Tudjarian: Comida pre-      rar a vigília com o Dalai Lama. Ti-     talecem. As pessoas que tem pro-
ferida?                                nham muitas pessoas, pais de san-       blemas costumam ser mais fortes.
                                       to, padres, budistas, enfim, membros
   Tomaz Lima: As que a Lúcia faz,     de todas as religiões. Eu cantei “Om       Quarto: Não diga que odeia - Ao
para começar (risos, Lúcia é a es-     Mani Padme Hum” com o Dalai             invés de dizer eu odeio mandioca
posa de Tomaz).                        Lama. Logo em seguida eu cantei         ou eu odeio jiló, diga “tem coisas
                                       “Madana Mohana Murari”. O Dalai         que eu prefiro não comer”. (diga-se
   Tá, tá, de forma séria, eu sou      Lama ficou surpreso e disse que         de passagem, eu como tanto jiló
muito fácil, só não como abacaxi,      nunca viu tantas pessoas juntas         quanto mandioca).
de resto adoro comer bem.              cantando um mantra.
                                                                                  Quinto: Tenha gratidão por tudo.
   Arto A. Tudjarian: Algo que te         Arto A. Tudjarian: O que es-
surpreendeu na vida?                   perar dos seus cantos e de você?             Arto Abraham Tudjarian
                                                                               Organizador do Festival Místico
   Tomaz Lima: Ver pessoas dife-          Tomaz Lima: Farei o que vier         Proprietário da USGames Brasil
rentes, com culturas diferentes, ten-  pela frente, receber os desafios, can-
do a mesma reação ao ouvir os          tar, cantar mantras pra mim e sem-          e idealizador do conceito
mantras. Ver americanos em luga-       pre cantar D’eus. Minhas apresen-                   Tarot Masters
res como Lake Shrine nos Estados       tações são sempre para Ele. Vou
Unidos tendo a mesma reação que        cantar para Ele onde eu for, se bem       www.festivalmistico.com.br
os brasileiros tinham no teatro Ipa-   que eu vejo D’eus como a figura fe-       www.usgamesbrasil.com.br
nema.                                  minina, amorosa, como uma mãe,             www.tarotmasters.com.br
                                       principalmente pra mim, uma mãe.
   Arto A. Tudjarian: Algo que te
alegrou?                                  Arto A. Tudjarian: O que você
                                       recomenda em tempos conturba-
   Tomaz Lima: O nascimento dos        dos?
meus filhos.
                                          Tomaz Lima: Primeiro: Paciên-
   Arto A. Tudjarian: Algo que te      cia - lembrem-se de Santa Tereza
entristeceu?                           de Ávila que ora:

   Tomaz Lima: Foi perder a ma-           “Nada te perturbe, nada te es-
mãe com 24 anos, logo depois de        pante, tudo passa, Deus não muda”.
termos nos formado em direito jun-

6                                      Revista O Aprendiz                      Setembro/Outubro 2019
   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11